EM ALGUM LUGAR ESCURO

imagecvuHá momentos em nossas vidas que nos recolhemos para algum lugar escuro. Tempos nos quais mergulhamos para dentro das sombras da nossa alma. Um lugar frio, escuro, e sem perspectivas.

É como atravessar um vale de sombras, onde a morte do otimismo, da disposição de ânimo e da esperança parecem inevitáveis.

Percebemos que os nossos sentimentos sofrem abalos consistentes, e as nossas estruturas psicológicas e emocionais são abaladas pelas rachaduras impostas às nossas estruturas emocionais e psicológicas, que nos mantinham de pé e nos gerava segurança e convicção.

Abalados, vivendo nas sombras do lugar escuro, a autoconfiança desaparece e as coisas mínimas parecem que estranhamente, ganham uma enorme proporção e representação dentro da nossa escala de falta de confiança. Seria como dizer que um rato é tão grande quanto um elefante.

Não há muita lógica nesse lugar escuro, ou talvez, não exista lógica alguma. Nesse vale de sombras somos entregues às torturas dos nossos próprios “demônios”. Tornamo-nos o nosso pior inimigo. Somos afligidos pelo nosso eu ou o outro eu que há dentro de nós, quem sabe esse torturador seja o nosso lado irremediavelmente negro.

Conscientemente sabemos que há luz do outro lado da vida, apesar de estarmos escravizados pela negridão da escravatura, mas ao mesmo tempo ela parece tão distante e inacessível, e é aí que muitos se desesperam, tornam-se angustiados, aflitos e desesperados, porque quem vive nesse lugar de sombras sabe que nunca sairá de lá sem a ajuda de alguém muito especial.

Nessa situação, uma pessoa que nos ama é a resposta para os nossos problemas.

É nessa fase de agruras intermináveis que precisamos ser provocados, desafiados, e até obrigados a produzir uma ruptura definitiva para podermos sair desse lugar escuro, de torturas e dores na alma, evitando que danos irreparáveis possam danificar ainda mais as estruturas emocionais e psicológicas já tão abaladas, que diga-se de passagem, pode levar à depressão e ao suicídio.

Uma mão amiga, repleta de coragem e amor pode ser o veículo através do qual um pequeno facho de esperança pode brilhar. Por menor que seja, uma luz sempre será maximamente visível em qualquer lugar escuro.

A mão amiga é aquela que se interpõe entre aquele que sofre e o seu lugar escuro, trazendo informações sobre o estado em que se encontra, daquilo que precisa se libertar, das atitudes que precisa tomar e principalmente da urgência em empreender fuga desse lugar tenebroso, para que ajudado possa caminhar na direção de uma planície de luz, vastidão, esperança, novas descobertas, encontrando consigo mesmo dentro de um vislumbre racional, consciente e real. É um sentimento que se assemelha a ser apresentado à vida pela primeira vez, é como voltar a ser, a existir, a tornar-se real em relação ao mundo e ao ambiente que nos rodeia. É ser trazido de volta a vida.

Creio que a caminhada para a liberdade passa por um tratamento clinico, por isso a inclusão de um neurologista no processo, e em alguns casos até de um psiquiatra, se torna fundamental, e para que o processo possa se consolidar o uso de terapia medicamentosa se fará necessário.

Um cuidado muito especial precisa ser tomado, porque o médico errado pode levar o indivíduo a uma situação muito pior, e se estiver sozinho não terá poder cognitivo para tomar a iniciativa de procurar outro profissional, por isso o acompanhamento da pessoa que nos ama em todo o processo é fundamental e fará toda a diferença. O profissional especializado e comprovadamente capacitado para esta situação, certamente trará o alivio e abrirá as portas da prisão desse terrível lugar escuro.

Quero te lembrar que perto de você, ou até ao seu lado pode haver alguém que está preso em algum lugar escuro. Peça a Deus discernimento e capacidade para te iluminar para que você se torne um agente libertador.

Certamente, alguém está precisando do você.

Anúncios

One thought on “EM ALGUM LUGAR ESCURO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s