HUMILDADE

Humildade vem do latim humus que significa: “filhos da terra”.

HumildadeAqui com os meus botões eu diria: é a consciência de quem veio do pó e ao pó retornará.

Ser humilde é a capacidade da autoavaliação que nos faz ver o quanto somos pequenos, diante das grandezas da vida e de outros indivíduos. Mais do que isso, é a percepção do quanto ainda temos pela frente, nos fazendo enxergar com clareza os desafios a serem vencidos, que exige superação, para podermos alcançar o desenvolvimento.

A humildade nos impõe uma imensa demonstração de respeito e de submissão, sem os quais não podemos agregar em nós, nenhum valor da vida.

O indivíduo humilde consegue ver em outros, virtudes que não possui. Essa observação exala um imenso sentimento de admiração e valor, que o motiva a buscar com inteligência essas preciosidades, que o enriquecerá como ser inteligente, diferentemente do arrogante que sofre com as qualidades alheias.

O indivíduo humilde repudia a possibilidade de se projetar sobre as demais pessoas e mostrar-se ou sentir-se superior a elas, mesmo com inúmeros talentos e capacidades desenvolvidas. Por isso uma das principais características da humildade é considerar os outros iguais ou até superior a si mesmo.

A humildade é diferente da modéstia, que não tem qualquer ambição, essa virtude é o sensor que detecta quando estamos cedendo à tentação de sermos gananciosos.

Aquele cujo caráter está esposado com a humildade não tem qualquer dificuldade, ao contrário, sente um grande prazer em reconhecer os seus erros, as suas limitações, e nunca mostra resistência em ser corrigido ou instruído, pois ser um indivíduo mais depurado é a recompensa que torna rica a sua existência.

Uma das características do indivíduo humilde é que ele nunca afirma ou reconhece que é, são os outros que reconhecem nele essa virtude, porque quem diz que é de fato não é, pois o simples reconhecimento ou a vanglória dessa virtude constitui-se em soberba.

Todo elogio que o humilde recebe por suas inúmeras virtudes não se incorporam e nem distorcem o seu caráter, mas esquadrinham no seu interior as inúmeras limitações que precisam ser vencidas. Por isso, elogiar uma pessoa humilde contribui para que se torne ainda mais humilde e continue no processo do autodesenvolvimento.

Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus” – Mt 5:3.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s