SOLIDÃO

Solidão

Silêncio da alma

Solitária e perdida na imensidão

Sentir sufocado o coração

Como quem tem fome e não come

Não há água e nem há pão

 

O vazio companheiro

O chorar e o sofrer agora é tão comum

Angustiada, abatida, caída ao chão

Sem ter amigo, sem ajuda, sem irmão

 

Solidão

Eu vi na manhã

O sol da esperança enfim raiar

Vindo como brisa ao meu coração

Soprando em meu ser

Uma paz, um amigo e um irmão

 

Jesus meu grande companheiro

Posso ouvir Sua música, a Sua voz

Se acaso eu chorar junto a ti

É pra te dizer:

Te conhecer pra mim foi descobrir o que é viver.

Anúncios

One thought on “SOLIDÃO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s