PROMESSAS DE DEUS

PROMESSAS DE DEUS

As pessoas podem fazer seus planos, porém é o Senhor Deus quem dá a última palavra

Provérbios 16:1.

 

As promessas de Deus não podem ser traduzidas de forma superficial e corriqueira, como se Deus fosse um mero fabricante de sonhos. As promessas de Deus tem um caráter acima da compreensão banal e somente teremos as benesses divina se atentarmos para isso, caso contrário, cairemos no erro de acharmos que aquilo que queremos conquistar é algo que Deus se predispôs a dar. Aqui está um grande erro.

Há gigantescas diferenças entre promessas e Deus e os nossos planos. Não podemos confundir isso e achar, como uma grande maioria, que tudo é a mesma coisa, e não é.

Precisamos compreender que as promessas de Deus se dão por iniciativa d’Ele e não por aquilo que desejamos ou pedimos.

Todas as promessas de Deus estão conectadas a um plano. Há sempre uma razão de ser, pois Deus não faz nada por acaso. O Seu “tempo” é a eternidade, o todo e tudo interagem para um propósito, que na maioria das vezes, nem mesmo nós compreendemos. Somos muito parecidos com Abraão, que mesmo Deus mostrando, não conseguimos compreender a extensão e a amplitude das promessas. Estamos sempre restritos à visão orbital do nosso umbigo.

Muitas promessas de Deus são feitas quando tudo parece estar perdido ou quando já desistimos de perseguir aquela “visão” – que é aquele “estranho fogo” que insistia em nos fazer acreditar em algo aparentemente absurdo aconteceria. Promessas tais que despertam a nossa fé diária em algo extraordinário, criam uma expectativa incontrolável, persistente e perseguidora, mesmo sabendo que aquele desejo intenso está muito acima nas nossas possibilidades e muito além da nossa realidade.

As promessas de Deus são assim: absurdamente incompatíveis com a nossa realidade.

Toda promessa de Deus está no âmbito da Sua vontade – que é soberana – e dos seus desígnios. A promessa de Deus é uma iniciativa de Deus e ocorre quando Ele nos chama, nos revela o futuro e nos atrai para essa órbita de novas realizações.

As promessas são expressões do futuro, uma descrição do destino.

Quando faz promessas, Deus está dizendo que não podemos continuar sendo quem somos e que precisamos avançar para mudar. Mudanças desencadeiam novas mudanças, novos fatos produzem outros novos fatos. É o ciclo da dinâmica da vida, que nunca é estática.

A promessa é Deus mostrando o que Ele espera que sejamos num futuro próximo, por isso, quando Ele revela a Sua vontade, está dizendo como deseja que sejamos ou em quem espera que nos tornemos, porque, o que somos atualmente, tornou-se insuficiente para aquilo que Ele deseja fazer através de nós.

As promessas são instrumentos de mudanças. Um engenhoso meio através do qual somos transformados em indivíduos melhores, porque todo indivíduo sem promessas está fadado a um processo danoso: estagnação, retrocesso e fracasso. É por isso que elas são agentes motivadoras e traço do rumo para um futuro melhor. Veja quão importantes são as promessas de Deus!

Toda promessa de Deus está inserida num contexto mais amplo do que a individualidade do homem e seu mundo de sonhos, porque Deus sempre age em prol de um propósito para o seu Reino e para a coletividade dos homens. A concretização das promessas divinas não visa nos proporcionar fama mas cumprir com os propósitos e beneficiar outros (muitas vezes aqueles que não conhecemos ou sequer nasceram). A fama e o sucesso são um pequeno adendo, uma consequência natural desse engenhoso estratagema do Criador e Gestor do universo.

As promessas não servem para instigar o homem e nem para afligi-lo mas para lhe assegurar segurança e paz, gerando convicção de que Deus o está guiando rumo ao futuro que ele projetou.

As promessas constroem um caminho invisível para que o homem chegue ao futuro projetado por Deus.

As promessas revelam os planos futuros de Deus e definem as ações que devem começar a serem empreendidas no presente. Elas são uma maneira d’Ele dizer que não está mais satisfeito com quem somos, com o que estamos fazendo, com as circunstâncias que nos cercam e que isso precisa mudar dentro de um determinado tempo.

É assim que Deus constrói o futuro: com as promessas que formam as primeiras bases da edificação da história. E quando nos comprometemos com as promessas, estamos tornando real, efetivo, estabelecido, algo que no mundo de Deus já está feito.

É muito importante compreendermos que as promessas em si mesmas não tem um selo de garantia de realização, elas expressam de forma significativa e incisiva a vontade divina. Isso pode parecer meio absurdo pra você, quando digo que não são garantidas as realizações, visto que fomos acostumados a ouvir e a repetir que se Deus prometeu, Ele cumprirá. Na verdade, quando nos promete algo, Ele manifesta o Seu desejo de que isso seja feito através de nós.

As promessas expressam o desejo de Deus concretizar algo extraordinário através de nós, contudo isso depende mais de nós do que de Deus.

Toda promessa é inclusiva, elas inserem os homens nas pretensões de Deus. No entanto, as nossas ações equivocadas podem nos excluir se não estivermos submissos aos propósitos da promessa.

Quando saímos – seja lá por qual circunstância – do eixo dos desígnios de Deus contidos nas instruções invisíveis em cada promessa (e que foram as razões essenciais pelas quais Ele nos prometeu), estamos impedindo o seu cumprimento e determinando a sua não realização através de nós. Certamente Deus as tornará real através de outra pessoa.

Se as promessas não se cumprirem, não é porque Deus faltou com a sua palavra, é porque nós falhamos, saímos da rota, nos desviamos da trajetória. Impedimos que um futuro elaborado por Deus se realizasse através de nós.

Cabe perguntarmos: por que Deus realizará algo na vida de quem está fora do seu propósito?

Pense nisso!

Anúncios

3 thoughts on “PROMESSAS DE DEUS

  1. Shooooow de bola meu pastor! Lindo artigo. Eu já preguei uma mensagem aqui no caramujo baseada nesse raciocínio (claro que não tão profundo) onde chamei o povo a pensar a respeito, pois tem um texto em Hebreus 11 que fala de homens que não alcançaram a promessa…
    Deus continue lhe abençoado!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s