GALGANDO DEGRAUS

Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, 14prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

Filipensses 3:13,14

Todo indivíduo alcança patamares mais elevados na vida através da sua inteligência. É com ela que o aprendizado se desenrola possibilitando fazer escolhas associadas, preferencialmente ao seu talento, e que proporcionarão o aproveitamento das oportunidades que lhe facultarão consolidar-se produtivamente, angariando recursos financeiros, relacionamentos e novos aprendizados.

No entanto, isso não assegura estabilidade e nem auto-satisfação, primeiro porque a vida é dinâmica, imprevisível e depois, tudo pode acontecer com os sentimentos humanos, independente de ter alcançado o almejado.

A verdade é que nós exercemos o instinto da conquista com voracidade, e o problema é que ele pode se tornar insaciável.

O sentimento de realização, a alegria da conquista, não depende somente da inteligência, porque há um outro quociente essencial ao desenvolvimento humano, o chamado quociente emocional.

O equilíbrio funcional desses fatores Qi e Qe, capacita o indivíduo a realizar, estabilizar e a desfrutar. O desequilíbrio causa prejuízos dos mais variados, sejam psicológicos, emocionais, físicos e até espirituais. É por isso que vemos muitas pessoas de sucesso totalmente frustradas, insatisfeitas, buscando novas realizações, para enfim tentarem usufruir de um sentimento que sempre lhe é negado, o prazer de ter realizado alguma coisa essencial.

Acredito que todo indivíduo necessita desse equilíbrio, para tanto, é necessário colocar-se numa função de avaliação do próprio eu, e sem justificativas ou explicações, estabelecer novos paradigmas que atendam as reais expectativas do coração, e que respondam às indagações camufladas da alma: afinal o que estou tentando conquistar?

É importante estabelecer por escrito esses novos paradigmas, as novas metas, os novos projetos, as novas decisões que precisam ser tomadas, e o mais importante, o motivo pelo qual deseja tal realização.

Ninguém redireciona a sua vida sem estabelecer uma nova rota.

Inclua nisso tudo o que chamo de quociente espiritual, o Qs (quotient spiritual), ou seja, uma ação de Deus na mente humana que o faz ter conhecimento além dos adquiridos nos relacionamentos sociais, culturais, ou pela capacitação natural ou aprendida.

Parece ser complicado, mas, é mais simples do que imaginamos, exige apenas planejamento, muita força de vontade, e a busca pelo dom de Deus, o Espírito Santo, que entrará na sua história para lhe abrir os “olhos do entendimento”, lhe concedendo uma “iluminação”, acrescentando a sabedoria divina, que funciona como uma fonte de informações, um banco de dados espiritual, cujo acesso é apenas para os usuários membros do corpo de Cristo e que podem se utilizar da senha: “comprometido com Deus”.

Anúncios

One thought on “GALGANDO DEGRAUS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s