APRENDENDO COM JESUS A SER FIEL

“Da parte de Jesus Cristo, a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o soberano dos reis da terra.

Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados”.

(Apocalipse 1:5)

 Temos uma oportunidade ímpar de aprender com Jesus a sermos homens de fato. Ele é o referencial de homem perfeito. Que maravilha será, se nos espelharmos em todas as suas atitudes! Eu me orgulho em servir a um Deus assim e de poder usá-lo como referencial para a minha vida, porque eu quero ser homem igual a Jesus. Isso é lindo, não é?

Ele sabia ajudar as pessoas na hora certa e prestar socorro no momento oportuno. Recordo-me de quando os discípulos voltaram sem pegar nenhum peixe, apesar de terem pescado a noite inteira. Mas Jesus disse assim:

–          Voltem, pois vocês vão pegar muitos peixes, vão ter o necessário para vender, para ter lucro, para se alimentarem e alimentarem as suas famílias.

Com isso nos ensina que muitas vezes, de igual modo, nós devemos prestar auxílio ao aflito e ser fiéis ao propósito de amarmos com intensidade os nossos semelhantes. Devemos apontar, como Jesus, o lugar onde eles conseguirão pescar muitos peixes: indicar um bom emprego, recomendar para uma vaga aberta na empresa, mostrar um anúncio de emprego publicado no jornal ou um concurso, e etc. Às vezes eles dependem disso para sobreviverem. Aponte, ajude alguém.

Num sistema mundano tão caótico, onde os homens perderam a integridade de caráter, e a palavra fidelidade foi riscada do vocabulário, e nem de forma usual ela é praticada, Jesus revela a possibilidade destes, viabilizando condições, resgatarem esse valor de integridade.

Muita gente pergunta:

–          Por que Jesus não se casou?

Porque a Palavra nos diz que Ele se revelou absolutamente fiel, íntegro de caráter. Como Ele poderia se casar, se já estava comprometido com uma noiva? Ele já estava comprometido comigo e com você, estava comprometido com a sua Igreja, portanto, Ele não poderia ter “outra”.

Mire-se nesse exemplo de fidelidade: você que é comprometido com uma mulher, não pode ter outra. Você tem que ter um compromisso de fidelidade com Deus e com a sua mulher.

 

Eu oro para que o Senhor o ensine a amar de fato a sua namorada, a noiva ou a esposa e a demonstração visível desse amor invisível é a sua fidelidade incondicional.

 

Muitos maridos somente pensam em exigir da mulher o cumprimento do versículo bíblico que diz: “Vós mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao Senhor” – Efésios 5:22.

Não podemos usar a palavra submissão, abandonando o contexto. Acredito que o maior versículo da bíblia para nós homens, no nível do relacionamento conjugal não é esse, mas aquele dentro desse contexto que diz: “Maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela” – Efésios 5:25. Acho que isso sim deveria gerar discussão: a melhor forma de amarmos.

Como a maioria dos homens amam mal! Não valorizam o que é amar segundo o coração do Pai, segundo o exemplo de Jesus Cristo e segundo a operação do Espírito Santo. Mas não querem abrir mão da submissão das mulheres, elas devem ser as empregadas de tempo integral, sem direito a terem direitos, cujo único direito é permanecerem caladas.

 

Deus seria capaz de tratar a mulher, sua criação,

como ser de segunda categoria?

 

Você que vai se casar, não se case para tornar a mulher submissa a você, mas case-se para amá-la. Você não vai precisar cobrar submissão nenhuma, porque aquela que é amada, sabe e vê que o seu homem é parecido com Jesus e ela vai adorar ser submissa. Porque a bíblia diz: “Como Cristo amou a Igreja e a si mesmo se entregou por ela”.

A submissão está ligada ao caráter daquele que ama. A Palavra de Deus, segundo a nossa compreensão, diz para submeter-se a aquele que é parecido com Jesus, ou submeter-se da mesma forma como se submete a Jesus. A fidelidade é a prova dessa semelhança. Nunca quebre os votos feitos no altar, diante de Deus, do sacerdote, da Igreja e das testemunhas, porque você estará rasgando o contrato de casamento e monstrando que a sua cara é muito diferente da de Jesus.

Se Jesus fosse grosso, ignorante, malfeitor, mau caráter, você se submeteria a Ele? Nós nos submetemos a Cristo, porque sabemos quem Ele é, e o amor que tem por nós. Se Jesus fosse igual ao diabo ninguém se submeteria. Tem gente que é um demônio para a mulher e quer que ela seja submissa. Deixe de ser parecido com o diabo e seja parecido com Jesus, então a diferença se refletirá no comportamento da mulher.

A bíblia diz que devemos ser imitadores de Deus, assim sendo, a submissão será espontânea, porque será um ato decorrente do amor.

Quero fazer um convite a você que quer aprender com Jesus a ser homem de verdade: reveja os conceitos, os valores perdidos e esquecidos, e com coragem, diga ao Senhor Jesus que você quer ser igual a Ele e não quer ser um homem qualquer. Assuma esse compromisso e o Espírito Santo derramará na sua vida, dia após dia, um nível de glória após glória; e essa unção o ajudará a seguir o exemplo desse homem perfeito.

Querido, você que é casado e ainda não acertou o passo com a sua esposa e pode estar dizendo:

– Pastor, eu não tenho jeito, não fui treinado para ser um bom homem.

Eu quero lhe dizer para começar a praticar agora, tudo o que ensinamos e depois você chegará para a sua esposa, pedirá perdão, chorará e admitirá:

– Minha querida eu fui um mau marido, aprendi de forma errada, mas agora estou aprendendo com Jesus a maneira correta de ser um homem!

Que a graça de Deus seja com você, para que todos reconheçam que estão diante de um homem parecido com Jesus: homem abençoado, temente a Deus, cheio de graça e sabedoria, fiel e cheio de amor. Homem carinhoso, atencioso, quebrantado, que chora expressando os seus sentimentos. O Espírito Santo resgatará a imagem do homem que o mundo denegriu: caído, depravado, sem ética e sem moral.

Vamos lutar para sermos a imagem e a semelhança de Cristo, aprendendo com Ele a ser homem, para então: construirmos famílias segundo o coração do Pai e mudarmos os rumos dessa nação.

Façamos um pacto com o Senhor agora, repetindo com fé esta oração:

 

“Eu quero, sob a orientação do Espírito Santo, fazer um pacto agora, de me quebrantar para aprender com Jesus a ser um verdadeiro homem. A glória de Deus será manifestada na minha vida e eu serei um homem segundo o coração de Deus”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s