LOUCOS NO PÚLPITO

Um em cada cinco trabalhadores sofre de doenças mentais

Pastores e líderes somos trabalhadores por excelência, e consequentemente, sofremos com os problemas e as circunstâncias adversas da vida e do ministério, o que nos habilita a sofrermos de depressão, ansiedade e outros transtornos, nos inserindo na terrível estatística acima, um em cada cinco pastores ou líderes sofremos de doenças mentais.

Daí, a necessidade de compreendermos que somos corpo, alma e espírito. A nossa mente sofre ataques violentos que nos enfermam. Se não levarmos a sério essa questão, crendo apenas que a presença de Jesus e o serviço que prestamos a Ele bastam para nos tornar imunes, teremos verdadeiro “LOUCOS VARRIDOS” nos púlpitos.

Hoje já não é estranho gente estranha nos púlpitos… como diz a netinha de um grande amigo meu: “muito estlanho… estlanho mesmo…”

Uma doença tão séria e SILENCIOSA como essa não passa despercebida por muito tempo, então, meus amigos líderes fantasiados de “SUPER MAN”, abram os olhos para não aumentarem as estatísticas dos “LOUCOS EM CIMA DE UM PÚLPITO”.

Depressão e ansiedade são os transtornos mais comuns; problema afeta produtividade

12 de dezembro de 2011 | 12h 28

REUTERS

Um em cada cinco trabalhadores sofre de alguma condição mental, como depressão ou ansiedade, e essa situação está afetando cada vez mais a produtividade nos espaços de trabalho, segundo um relatório da Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE) nesta segunda-feira, 12.

A OCDE descobriu que pessoas com doenças mentais geralmente faltam ao trabalho por motivos médicos, e entre 30 e 50 por cento de reivindicações por benefícios hoje são devido à saúde mental debilitada.

Legisladores precisam encontrar novas formas de combater esse problema social e econômico, disse o relatório, pois os fatores que causam esses distúrbios, como estresse no trabalho, devem aumentar.

“O aumento da falta de segurança do emprego e a pressão hoje em dia nos espaços de trabalho devem agravar os problemas de saúde mental nos anos à frente”, diz o relatório.

“A porcentagem de trabalhadores expostos ao estresse ou situações de tensão no trabalho tem aumentado na última década em toda a OCDE. E diante da atual conjuntura econômica, cada vez mais pessoas estão preocupadas com a segurança no emprego.”

A depressão já é uma grande causa de mortes, deficiências e fardo econômico em todo o mundo, e a Organização Mundial de Saúde prevê que até 2020 esse será o segundo maior fator para as doenças mundiais em todas as idades.

Estudos recentes revelaram que o custo anual de distúrbios neurológicas é de quase 800 bilhões de euros.

(Reportagem de Kate Kelland)

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,um-em-cada-cinco-trabalhadores-sofre-de-doencas-mentais,809959,0.htm

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s